sábado, 27 de novembro de 2010

Ser Jesuíta: Solidariedade com os Pobres



"Nossa missão será tanto mais válida, quanto mais nos solidarizarmos com os pobres. A obediência nos envia. É a pobreza, porém, que dá credibilidade à nossa missão. Juntamente com muitos outros religiosos, queremos, pois, fazer a nossa opção preferencial pelos pobres, como propões a Igreja. Esta opção consiste na decisão de amar os pobres mais do que os outros, em vista do bem-estar verdadeiro de toda a família humana. Este amor, como o amor do próprio cristo, não exclui ninguém e a ninguém dispensa de suas exigências. Esta opção deve exprimir-se de algum modo concreto, direta ou indiretamente, na vida de cada jesuíta, bem como na orientação de nossos trabalhos atuais e na escolha dos ,ministérios". (CG 33, d1, n. 4)
Esta é a Companhia de Jesus, esta é a nossa vida. Somos chamados a ser como Jesus...
Somos chamados a mostrar em nossa vida a ação amorosa e misericordiosa de Deus.
Cristo é o centro de nossa opção, pois ele está nos pobres e excluídos de nossa sociedade.
Ele é a razão maior de nossa consagração. (Pe. Laércio.sj - laerciosj@yahoo.com.br; jesuitavocacao@gmail.com)


Um comentário:

Educaluzzs disse...

A igreja é defensora dos pobres doentes e exluídos, no caso, na foto, um idoso, ou um velho, aqueles pequininos que tanto necessita da ajuda e de uma atenção maior, a bela idade 60 anos, enfraquece muitos, é urgente, urgentíssimo, que se crie a PASTORAL DO IDOSO, a inclusão é um presente de Deus para eles. Eu participo como religioso e palestrante em dois grupos de Idosos daqui de Brejo Santo, o de dona Maria Brasil e o de Shirley, O PAPI, tercça feira foi a formatura deles, num momento sublime tocou-se o hino nacional, teve grande momento de nostalgia musical e comes e bebes, estive domigo passado no grupo da terceira idade de Dona Maria Brasil, lá coloco a fé, celebrei artisticamento o natal deles, com canto e orações, rezei o terço e fiz reflexão e ensinamentos e orientações de dicas de saúde e comportamento, muito embora não sou médico, mas estudo e pesquizo muito essa área, vocês Jesuítas vão ficar surpreso, quando revelar a quem pertence esses grupos, pertence a pessoas da área política e da área educacional, não é uma pastoral, mas como disse o apóstolo PAULO, pregamos oportuno e inoportunamente
fazemos a semente do bem-viver acontecer.
Que bom que os religosos cuidasem mais dos nossos queridos idosos e visitassem mais.
A visita dos jesuítas à Brejo Santo, muitos idosos falaram bem de voces e do belo carinho, então voces aqui viveram o evangelho da sogra de PEDRO.
Três coisas sao vitais ao idoso: O CARINHO, AMOR E RESPEITO, aumenta a vitalidade e sua corrente sanguinea circula melhor, sua mente melhora, e o SENHOR JESUS, agradece.
Não esqueçam Jesuítas, vamos formar também em todo Brasil, A PASTORAL DOS IDOSOS?
Deixo, my embrace for you!!! ZS -
O poeta de Brejo Santo - Ce.(Brasil.